Categorias
Blog

Confira 5 dicas para desenvolver a adaptabilidade

Tudo em nossa volta está em constante mudança, transformando-se e evoluindo a cada dia. E conosco não deve ser diferente. Seja na vida pessoal ou profissional, precisamos da adaptabilidade para se ajustar a todas essas inovações ao redor. Na carreira, essa habilidade se tornou praticamente obrigatória, pois, a cada ano, os conhecimentos e ferramentas de trabalho mudam, sendo necessário dominá-los. Para que você consiga desenvolver a adaptabilidade, separamos 5 dicas práticas. Continue acompanhando nosso artigo para conhecê-las.

O que é adaptabilidade?

Afinal, o que é uma pessoa adaptável? Um indivíduo que usa a adaptabilidade é aquele que consegue se ajustar às situações novas que são encaradas de frente, superadas e trabalhadas, independentemente das circunstâncias. Essa aptidão de se adequar ao novo ambiente não nasce de um dia para outro, ela precisa ser construída pouco a pouco para que, assim, seja possível ter mais adaptabilidade e flexibilidade, em ambas as áreas da vida.

Qual a importância da adaptabilidade para a vida pessoal?

conceito de adaptabilidade é de grande importância para lidarmos com os relacionamentos interpessoais e as emoções de maneira saudável. Diante de uma adversidade, é necessário jogo de cintura para superar os desafios e seguir adiante.
A adaptabilidade é o caminho chave para ressignificar experiências do passado e construir um olhar mais positivo e motivador diante de certas situações. Além disso, a resposta para ações e sentimentos de terceiros é mais racional, permitindo ter equilíbrio de suas emoções.

Qual a importância da adaptabilidade no lado profissional?

adaptabilidade no trabalho é extremamente importante, afinal, a mudança no mercado é constante, principalmente dentro das empresas. Por mais que você seja promovido ao cargo dos sonhos, por exemplo, e você saiba tudo o que é necessário para gerir o processo de trabalho, sempre haverá situações nas quais ter flexibilidade é indispensável para manter o cargo e obter sucesso. Não apenas importante em seu desempenho na profissão, a adaptabilidade de carreira também é valiosa, pois, com as constantes evoluções tecnológicas, existem cada vez mais áreas sendo criadas e, ao mesmo tempo, apagadas dentro de vários mercados.

5 dicas de como desenvolver a adaptabilidade

Para que você consiga evoluir e adquirir a facilidade de se adaptar, preparamos 5 dicas práticas para mudar os seus hábitos e conquistar a adaptabilidade. Confira:

Transforme as mudanças em oportunidades

Nem sempre as coisas seguem como desejamos, por isso, procure encarar essas novidades de frente, não como obstáculos, mas, sim, oportunidades para evoluir cada dia mais. Você acabou não recebendo a promoção tão desejada? Pare, respire fundo e utilize esse tempo para aprimorar ainda mais suas habilidades para alcançar novas conquistas.

Seja positivo

Comece a criar uma visão mais otimista de tudo que está ao seu redor. Quando você é mais positivo, passa a focar no que lhe faz bem e isso consequentemente lhe dará mais tranquilidade para lidar com surpresas e se adaptar melhor a elas. Por isso, procure modificar seus hábitos e incorpore uma visão mais positiva da vida e, claro, aproveite para mudar.

Abrace o novo

As coisas não aconteceram do modo que você planejou? Fique tranquilo e dê uma chance de que isso seja positivo para você. Por isso, em vez de relutar, abrace a situação e tente entender o que ela pode proporcionar para você.

Aprenda com você mesmo

Se tem alguém que pode lhe ensinar valiosas lições sobre ações e atitudes é você mesmo! Por isso, analise seu comportamento do passado, presente e se projete para o futuro. Aprenda com seus erros, acertos e descubra que você já acabou utilizando a adaptabilidade muitas vezes e nem se deu conta.

Trabalhe a autoconfiança

Tudo saiu fora de controle? Confie em si mesmo. Você é um indivíduo com total capacidade e talento para virar o jogo e transformar o ocorrido para algo mais positivo e saudável. Então, reconheça seus defeitos, mas também suas qualidades, afinal, foram elas que lhe permitiram chegar até aqui, não se esqueça disso. Fonte: sbcoaching
Categorias
Blog

O Marketing no mundo pós-pandemia

Sejam motivados por uma nova consciência ou pela crise, seus clientes terão um novo padrão de consumo. Você está preparado para atende-lo nessa nova fase?
    Precisamos colocar o cliente no centro da nossa estratégia. Provavelmente, você já ouviu incontáveis vezes essa frase. Ter o cliente como motivador – e balizador – das decisões corporativas é um conceito que já está escrito nas missões e valores (e nos PowerPoints) corporativos há alguns anos. Mas a realidade, sabemos, ainda não é bem essa. Acontece que, em meio a uma crise de saúde pública de proporções gigantescas e frente àquela que deve ser a pior crise econômica que a nossa geração já viu, parece que chegamos a um turning point, a partir do qual as corporações não terão mais outra opção a não ser tratar o cliente como o que ele realmente é: a peça central de seus negócios. Muito se tem debatido sobre o que deve ser o “novo normal”, ou seja, a realidade em que viveremos após a pandemia e com o fim das práticas de distanciamento social. A expectativa de muitos aponta para um mundo no qual o consumo será mais consciente e, portanto, menor. Em que as questões ambientais serão mais prementes. Em que as pessoas valorizarão mais o “ser” que o “ter”. Não sei se concordo com tudo isso, mas tenho certeza de que viveremos em um mundo diferente. Seja por consciência ou por questões práticas relacionadas às perdas financeiras e às incertezas econômicas, as pessoas terão de reavaliar sua relação com o consumo. E, nesse contexto, para onde deve ir o marketing? Como garantir que os recursos reduzidos de seus clientes sejam direcionados aos seus produtos e serviços? Como se mostrar essencial? Para essas perguntas, não tenho dúvidas da resposta. A única forma de se manter relevante para o consumidor no “novo normal” é conhece-lo profundamente. Saber os seus gostos, entender quem o influencia em sua rede de relacionamento, ter a sensibilidade de encontrar o melhor momento para posicionar uma oferta ou uma cobrança, ser perspicaz para identificar concorrentes – ainda que inusitados ou inesperados – e agir antes deles. Esses serão os pontos-chave ações de marketing bem-sucedidas nos próximos anos. Nesse contexto, sistemas de análise de dados, especialmente as soluções de customer intelligence, tornam-se fundamentais para profissionais de marketing de todos os setores. Só com tecnologia é possível explorar as informações disponíveis sobre os seus clientes nas mais diversas fontes, converter montanhas de dados em insights de negócios, conciliar online e off-line e entregar comunicação adequada em tempo real.   Fonte: mundodomarketing